COMUNICAÇÃO UNIVERSAL

Nuvens formando imagens são mensagens da linguagem universal para a nossa mente e os nossos corações. Hoje vi uma figura formada de nuvens que apresentava a figura de um cavalo em movimento. Eu registrei esta imagem e posso mostrá-la a quem interessar. Assim, vem-me a cabeça os mecanismos da comunicação universal e procuro enumerar alguns: a fala, os sonhos, a premonição, as adivinhações, a telepatia, os sinais, os jogos de sorte, oráculos, etc. Todos nós de uma maneira ou de outra já passou por experiências de comunicação que não seja a fala. Posso exemplificar o tarot como um oráculo que nos traz respostas as nossas mais profundas inquietações. Todas as suas figuras indicam respostas as questões do consulente. Quem as responde? Eis o inicio desta dúvida. Nessa busca, atrevi-me numa época da vida a estudar as cartas do tarot. Foi um período de descobertas, as figuras ilustravam o comportamento humano, cada qual com a sua simbologia especifica. Era realmente surpreendente jogar cartas para pessoas que buscavam respostas, e, eu as dava, decodificando o significado de cada uma. Foram experiências interessantes que até hoje me recordo, no entanto, há muito tempo deixei esta prática por entender que não é este o meu caminho. No campo dos sonhos, até hoje os anoto e procuro analisá-los dentro de uma conjuntura dos seus simbolismos e do que se passa na minha vida, e, chego a conclusões importantes para o momento atual. Existem inúmeras publicações que apresentam o significado de cada sonho, também, pode-se consultar a internet para decifrá-los, entretanto, tem-se que usar a intuição e o sentido geral para chegar a resultados práticos. Os sinais também são importantes, e, cada um pode entendê-los desde que os relacionem com outros fatos dentro de um contexto holístico de vivência nesta dimensão. Alguns entendem um gato preto como um símbolo de azar, outros já veem nos gatos um símbolo de bons agouros. Outros acham que a queda de um talher significa possíveis visitas. E também a colocação de uma vassoura atrás da porta serve para estimular pessoas a saírem de suas casas. Derramar sal e o famoso número treze significam má sorte enquanto o trevo de quatro folhas indica o contrário. Se cai azeite na toalha da mesa, é sinal de azar; se vinho alegria; se açúcar, riqueza. Se a palma da mão direita coçar ou o quando o grilo canta dentro de casa é sinal que se receberá dinheiro. A telepatia é ser outro meio de comunicação universal, embora de maior dificuldade. Todavia ao alcance de todos nós e acontece a cada momento, basta nós acreditarmos no que nos acontece quando escutamos conselhos cósmicos em que muitas vezes obedecemos e muitas vezes os tratamos com uma grande bobagem. Toda essa introdução é importante para tentar explicar o que aconteceu comigo. Pois, não existe outra maneira de justificar a série de acontecimentos que culminaram numa tomada de atitude da minha parte que evitou um grave incidente com possíveis consequências fatais para os envolvidos. O começo deste caso começou nas primeiras horas da manhã quando acordei com uma vontade inexplicável de ficar em casa. Depois no caminho do trabalho por distração perdi a entrada em deveria tomar para seguir o meu caminho habitual. Na tentativa de retomar o roteiro costumeiro obedeci a um conselho mental a seguir por um caminho alternativo ao qual eu teria que retornar e tomar outra via principal. O curioso é que atendi aquela intuição. Liguei o rádio e escutei uma noticia que falava sobre a possibilidade de chuva naquele dia, mas, o dia estava ensolarado. A placa do veiculo na frente do meu era 4261, que resultava no numero treze. Aquilo me deixou receoso de que algo acontecesse. Ainda dirigindo, lembrei do sonho no qual eu estava nadando no mar com muita chuva e trovoadas. O que aquilo queria dizer? De repente começou a chover e o transito ficou muito lento. Dessa forma perdi muito tempo e cheguei atrasado ao local em que me dirigia. Na entrada do prédio havia um enorme movimento. Parte dele havia desabado. Escapei de estar naquele local e possivelmente de uma consequência maior. Juntando os pedaços decifrei o sonho como o enfrentamento de uma situação difícil quando nadava no mar e todo o atraso me salvou do pior. A lição é que deve-se atender a comunicação universal e entende-la como parte das nossas vidas e quem sabe esta não é um sentido oculto.